portugues ingles frances espanhol alemao
Apoio ao Cliente
9H-13H e 14H-18H

21 247 65 00

Faça Login ou
adira ao Portal Líder

Log In | Novo registo
Bem-vindo/a, Visitante
voltar

DECORAÇÃO ADOTA NOVAS TENDÊNCIAS

2016-12-11

Ao solicitar um projeto de decoração para a morada, as pessoas costumavam pedir uma composição ideal para receber bem seus convidados. Havia uma clara preocupação com o visitante. Hoje, esse comportamento vem mudando. Ainda há o cuidado com o ato de receber, mas isso se tornou secundário. Os moradores, cada vez mais, buscam encontrar o seu eu próprio essencial e o décor reflete essa tendência do comportamento.

A designer de interiores Melina Mundim conta como essa mudança de conduta impacta na forma de decorar as casas: “Isso faz com que as moradas sejam primordialmente confortáveis e aconchegantes. Um lugar que se anseia voltar após o trabalho. Um lugar onde nos sintamos acolhidos. E isso faz com que haja mudanças no layout”. Já a arquiteta Cláudia Aragão e a designer de interiores Cátia Maiello, do escritório Casatelier, explicam quais foram as maiores mudanças no layout: “Maior liberdade no uso das cores em móveis, paredes e adornos. Há uma ousadia maior e uma menor preocupação com julgamentos. Uso de objetos trazidos de viagens, exibição de coleções e fotos pessoais, customização de móveis antigos, entre outros”.

Melina cita mais adequações feitas pelos profissionais para atender a essa demanda: “Sofás confortáveis, obras de arte e tons terrosos são campeões de solicitação. Um bom sofá reúne a família para assistir a filmes e se encontrar na sala. As obras de arte remetem muito a quem somos e deixam o ambiente mais familiar. Já os tons terrosos transmitem aconchego”.

Apesar de todas essas mudanças nos materiais, adornos e móveis houve uma ainda mais significativa: não existem mais, nesse formato, ambientes engessados, projetados para um único propósito. “Todos os espaços têm significados e funções para o morador. As pessoas não investem mais em espaços que simplesmente “enfeitam” a casa. Elas buscam movimento, flexibilidade e praticidade”, constatam as profissionais da Casatellier.

Fonte: http://arede.info/jornaldamanha/imoveis/137373/DECORACAO-ADOTA-NOVAS-TENDENCIAS

IMI. Governo mantém preço por metro quadrado nos 615 euros
Elemento que tem impacto no cálculo do valor patrimonial tributário dos prédios urbanos não sofre alterações em 2020. O valor por metro quadrado (m2) para efeitos de

Licenciamentos de obras de construção e reabilitação a crescer no mercado residencial
O mercado residencial continua a dar sinais de dinamismo em Portugal, que se traduzem em maior oferta de produto, num momento em que profissionais do imobiliário reclamam falta

Construtoras trocam cimento por cânhamo para reduzir poluição
Os campos de cânhamo que brotam numa parte do Canadá mais conhecida pela sua gigante reserva de petróleo mostram como as mudanças climáticas têm transformado o setor da

Construção está muito focada no segmento de luxo
Habitações para classe média não chegam para satisfazer procura. Reabilitação fez subir os preços das rendas A seguir Rendas sobem 268€ desde 2012 e prestações da casa

Ministério do Mar aprova candidatura para construção de nova ponte-cais em Sesimbra
APSS prevê lançar concurso de empreitada em Julho. Nova ponte-cais vai permitir separar barcos de pesca das embarcações de recreio A ministra do Mar, Ana Paula Vitorino,

Cidadãos ponderam travar construção de prédio da Portugália nos tribunais
A ausente, mas sempre presente na discussão, foi a Câmara de Lisboa, ainda que lá tenha estado o seu vice-presidente, que se manteve em silêncio. Projecto está em discussão