portugues ingles frances espanhol alemao
Apoio ao Cliente
9H-13H e 14H-18H

212 476 500

Faça Login ou
adira ao Portal Líder

Log In | Novo registo
Bem-vindo/a, Visitante
voltar

Empresas de construção do Minho podem ter papel importante no México

2017-10-29

Portugal tem merecido uma atenção acrescida por parte dos investidores mexicanos. As políticas anti-México de Donald Trump vêm abrir novas oportunidades de negócio com outros mercados, nomeadamente Portugal. Palavras de Jorge Sada, presidente do Comité Empresarial Bilateral México Portugal - COMCE, numa visita ontem à AIMinho, a convite da InvestBraga, no âmbito de uma missão empresarial México- Portugal.

“Já era hora de vir a Portugal. Viemos com uma delegação de seis empresas mexicanas. Para nós isto é uma semente. Estamos muito entusiasmados à procura de novos negócios. As empresas vêm com o objectivo de vender, mas também de comprar”, afirmou Jorge Sada.
O presidente do COMCE fala do efeito Trump na economia mexicana que está a levar à diversificação de mercados. “Donald Trump está a considerar chumbar o NAFTA, o Tratado de Livre Comércio com a América do Norte. Mas, independentemente de tal acontecer, temos estado a diversificar mercados.

O México tem uma balança comercial onde tem os ovos praticamente no mesmo cesto, mais de 80 por cento está virada para os EUA. Temos desaproveitado muitos tratados de livre comércio”.
Jorge Sada refere que “Portugal está na rota das empresas mexicanas e representa também uma porta para África”. Na lista dos empresários estão várias áreas desde a inovação e tecnologia ao agro-alimentar. A construção está também na mira do México, designadamente as empresas do Minho.

“Existem boas empresas de construção civil no Minho que podem aproveitar para reconstruir partes que foram danificadas pelos sismos e podem contribuir para melhorar as infraestruturas que o país precisa”.
Para o vice-presidente da AIMinho, Francisco Marques “esta é uma excelente oportunidade para as empresas da região e a AIMinho tem este papel mediador na realização destas pontes”.
Por seu turno, Carlos Oliveira, presidente da InvestBraga, destacou a importância desta missão empresarial que representa “mais uma oportunidade de apresentarmos Braga e nosso tecido empresarial para o México”.

Fonte: http://www.correiodominho.com/noticias.php?id=105443

Produção na construção cresce pelo nono mês seguido
A taxa de crescimento registada em Setembro igualou a verificada em Agosto, que já tinha sido a mais elevada do ano. O índice que mede a evolução da produção na

Três projetos portugueses vencem prémio internacional
Um espaço comercial, um centro pastoral e um parque tecnológico portugueses venceram o prémio internacional de arquitetura "The American Architecture Prize

Crise angolana não abala interesse português na construção
Feira Projekta Angola está de regresso a Luanda de 26 a 29 de outubro A seguir Inflação em Angola deverá subir para quase 23% em 2017 Mais vistas EMOJIS É mesmo isso que quer

DST constrói empreendimento com 50 apartamentos de luxo nas Amoreiras
O Amoreiras Vista terá 50 apartamentos, com tipologias T1 a T6, distribuídos por sete pisos acima do solo. Estará concluído no primeiro semestre de 2019. O grupo DST

Dinamismo do imobiliário impulsiona construção e obras públicas no 1.º semestre
O recorde das vendas no mercado imobiliário até junho, que cresceram 18% em número e 25% em valor, impulsionou a construção e obras públicas. O recorde das vendas no

Construção regista “crescimentos mais intensos” dos últimos 20 anos
Apesar de registar recordes de vendas e assimilar a inversão da tendência de redução do investimento público, a Confederação da Construção diz que peso do sector ainda